Zeca não vê traição de Ayache, mas acredita ser um erro saída do PT

Zeca do PT, Deputado Federal(Foto: Paulo Francis/Arquivo)
Zeca do PT, Deputado Federal(Foto: Paulo Francis/Arquivo)

O deputado federal Zeca do PT, declarou ao Página Brazil que a desfiliação do presidente da Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul), Ricardo Ayache do Partido dos Trabalhadores não irá causar enfraquecimento e nem foi uma “puxada de fila” para outras possíveis saídas do partido.

Zeca afirma que o PT continuará desenvolvendo o seu trabalho normalmente e não vê a saída de Ayache como uma traição. “Ele é livre para tomar suas decisões mas acredito que ele esteja cometendo um erro e está sendo mal orientado”, diz o deputado.

Ayache anunciou sua desfiliação do PT na manhã de ontem(18), durante entrevista coletiva. Apesar de ser um possível candidato a prefeitura de Campo Grande nas eleições de 2016, ao ser questionado sobre o assunto ele disse nesta quarta-feira que a decisão sobre qual partido se filiar e a possível candidatura ao Executivo Municipal devem ser tomadas, cada qual qual em seu momento certo.

Comentários

comentários