Vitória no Peru já deixa Brasil com um pé na Copa, a seis rodadas do fim das Eliminatórias

A comissão técnica da seleção brasileira acredita que o Brasil precisa somar mais quatro pontos para encaminhar vaga na Copa do Mundo de 2018. E, tomando como base as Eliminatórias dos últimos 20 anos, a conta mostra-se bastante correta.

(ESPN)
(ESPN)

Atualmente, o Brasil soma 24 pontos. E, desde que as Eliminatórias são disputadas no formato turno e returno, com todos os países enfrentando-se entre si, o quinto lugar na tabela – que se classifica à repescagem – nunca somou mais que 25 pontos.

Nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, o Equador ficou em quarto com 25 pontos, mesma numeração do Uruguai, que perdeu no saldo de gols e foi à repescagem. Nessa edição das Eliminatórias, contudo, todos os países fizeram dois jogos a menos porque o Brasil já estava classificado por ser o país-sede.

Já na fase que qualificava para o Mundial 2010, o Uruguai novamente foi à repescagem, mas com 24 pontos. A Argentina foi a quarta colocada com 28 e avançou direto. O Brasil liderou, com 34.

Nas Eliminatórias para 2006, o Uruguai, para variar, se classificou à repescagem, agora novamente com 25 pontos. O Paraguai foi o quarto, com 28.

A edição de 2002 foi um pouco mais concorrida. O Paraguai foi mais uma vez o quarto, mas somou 30 pontos. O Uruguai acabou, como praxe, na repescagem, ao computar 27 pontos.

Em 1998, o Brasil não participou por ser o atual campeão mundial e ter vaga assegurada na competição da França. Com apenas 16 jogos, o Chile foi o quarto colocado, com 25. O Peru teve a mesma pontuação, mas acabou em quinto e ficou de fora, já que não existia repescagem nessa época.

A forma de disputa das Eliminatórias dos Mundiais até 1994 tinham outro sistema de disputa, com os países dividindo-se em grupos e atuando entre quatro e oito vezes apenas. Assim, não servem como modo de comparação com o formato atual.
Em outras palavras, se vencer o Peru na próxima quarta-feira, 00h15, em Lima, a seleção chega aos 27 pontos e precisaria de apenas um empate nas últimas seis partidas restantes para alcançar os 28 e colocar um pé na Copa do Mundo de 2014.

Após o duelo, a seleção de Tite – que tem cinco vitórias seguidas, por enquanto, e saltou do sexto ao primeiro lugar das Eliminatórias – aguarda até março, quando enfrenta Uruguai e Paraguai.

O time canarinho realizou neste domingo o último treinamento em Belo Horizonte antes de seguir para Lima. O time titular para encarar o Peru será: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Filipe Luis; Fernandinho, Paulinho, Renato Augusto, Neymar e Philippe Coutinho; Gabriel Jesus.

Comentários

comentários