“Virou peneira”: suposto integrante do PCC é executado com mais de 80 tiros

Sergio foi executado com mais de 80 disparos de arma de fogo (Foto: Divulgação)
Algumas marcas de tiro em evidência (Foto: capitanbado.com)

O brasileiro Sergio Orlando de Oliveira, de 39 anos, foi executado com mais de 80 disparos de arma de fogo, na manhã desta quarta-feira (22), na cidade paraguaia de Bella Vista Norte, fronteira com Bela Vista, a 324 quilômetros de Campo Grande. De acordo com informações do site Porã News, Sergio era suposto integrante do PCC (Primeiro Comando da Capital).

Cerca de 15 homens fortemente armados invadiram a residência da vítima, que fugiu do grupo na companhia de seu filho, mas acabou sendo encontrado e executado com mais de 80 disparos. O corpo estava em uma mata localizada nas proximidades de sua casa.

Ainda conforme o site, Sergio teria passagem por narcotráfico. Sua morte seria fruto de uma guerra entre facções na região da fronteira. O caso é investigado pela Polícia Nacional do Paraguai e da Divisão de Homicídios.

Comentários