Virginia pede substituição de vereador em Comissão que apura "passada de mão"

O caso da “passada de mão” envolvendo os vereadores Maurício Lemes (PSB) e Virgínia Magrini (PP) ganhou mais um episódio na tarde de segunda-feira (22). A legisladora protocolou na Casa de Leis, requerimento pedindo a substituição de Pastor Cirilo Ramão (PTC) da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar, que analisa a situação envolvendo os dois edis.

Vereadora pediu a substituição de Cirilo Ramão da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar - Foto: Thiago Morais/CMD
Vereadora pediu a substituição de Cirilo Ramão da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar – Foto: Thiago Morais/CMD

De acordo com ela, Cirilo aparece em imagens ciente da situação. Além da sua saída, Magrini também protocolou que o procurador geral da Câmara, Sérgio Henrique Martins de Araújo, não dê o parecer sobre o caso.

As medidas serão analisadas pela presidência da Casa, segundo o vereador e presidente da Câmara, Idenor Machado (DEM).

“A Virgínia protocolou o requerimento ontem [segunda-feira] pedindo a substituição do Cirilo. Vamos analisar e ver como podemos resolver a situação e se preciso, substituir. No caso do Sérgio ela alega parentesco com o Maurício Lemes. Temos outros dois advogados na casa para dar o parecer”, resumiu o presidente.

Caso seja aceita a substituição do vereador, membro da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar ao lado de Marcelo Mourão (PSD) [presidente] e Juarez de Oliveira (PRB) [vice-presidente], um novo nome será escolhido para fazer parte do processo, o que pode demorar alguns dias.

Na semana passada, Maurício Lemes foi notificado pela comissão e tem até quinta-feira para apresentar sua defesa.

Com Informações Dourados News

Comentários

comentários