Vinicius Junior causa mal-estar no Real B por ter privilégios, diz jornal

Lancepress/JP

Vinicius Junior marcou de falta e foi expulso na partida na cidade de Vigo (Foto: Reprodução)

O jornal espanhol ‘Marca’ divulgou nesta quinta feira um mal estar envolvendo o nome de Vinicius Junior na volta do Real Castilha à cidade de Madrid, após o empate contra o Celta, em Vigo. Enquanto o clube merengue determinou que os jogadores retornassem de ônibus, em uma viagem de cerca de seis horas, Vinicius e outros cinco jogadores voltaram de avião.

A equipe B do Real solicitou ao clube que a viagem fosse feita de avião para evitar um possível desgaste do time, mas a direção não acatou a solicitação e todo o elenco viajou até Vigo de ônibus. Na volta, Luca Zidane, Franchu, Alex Martín, Dani Gómez, Cristo e  Vinicius retornaram de avião com recursos próprios. A situação, porém, não pegou bem com o técnico da equipe, Santiago Solari, que convocou uma reunião na reapresentação da equipe.

Diferente dos demais

Ainda segundo o jornal, os jogadores têm autonomia nesses casos e podem optar em voltar com suas famílias. Porém, Solari não recebeu bem a decisão dos atletas e afirmou que o comportamento não seria permitido, decidindo que os cinco, exceto Vinicius, seriam multados.

Segundo Solari, o atleta revelado pelo Flamengo não receberia sanções porque é diferente dos demais, por se tratar de um jogador do elenco principal que só viajou com a equipe B porque não foi relacionado para o time principal pelo técnico Julien Lopetegui.

Vinicius Maradona

O jornal catalão ‘Sport’ já havia afirmado que o jogador tem dividido o vestiário do time principal do Real. Apesar de ter ganho apelido de ‘Vinicius Maradona’ pelos companheiros de Castilla, os pedidos para oatleta subir para o time principal teria gerado insatisfação, já que o brasileiro tem grande visibilidade e ‘ameaça’ o lugar dos jogadores que estão a mais tempo na equipe.

Comentários