Vinicíus Jr faz dois e vira o príncipe do Castelão no 3 a 0 do Flamengo sobre o Ceará

Humilhado e agredido no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, Diego não foi o protagonista em termos técnicos, mas sem dúvida seu gol foi o momento de maior destaque do duelo. Na comemoração, correu, reverenciou a torcida do Flamengo e subiu nas escadas para abraçá-la. Após o duelo, disse que jamais pensou em deixar o clube e afirmou que, se for preciso, andará escoltado para seguir de vermelho e preto.

Após sofrer muita pressão e agressões em atos de vandalismo no Rio de Janeiro, o Flamengo adoçou a boca de seu torcedor, que andava amargurado com as péssimas atuações do time. Com uma atuação coletiva muito boa e Vinicius Junior e Paquetá em evidência, o Rubro-Negro venceu por 3 a 0 o Ceará.

Vinicius, com dois gols e dribles, foi o protagonista em termos de futebol. Diego, que fechou o placar, terminou como o personagem do duelo. Após acertar cabeçada violenta e decretar o 3 a 0 rubro-negro, correu para a torcida flamenguista, presente em grande número no Castelão. Beijou a camisa, fez reverência e subiu as escadas para se jogar nos braços do povo.

Com muita superioridade coletivamente e rodando a bola com paciência, o Flamengo abriu o placar aos 41 minutos. Cuéllar deu passe certeiro, Vinicius infiltrou e, com talento, tocou por cima do Éverson.

Na volta do intervalo, o garoto apareceu novamente. Recebeu na esquerda, finalizou, e a bola subiu. Paquetá a recuperou, esticou para Rodinei, que cruzou na medida para Vinicius ampliar.

Aos 25 minutos, Diego fechou a conta e a noite em alto estilo. Rodinei cobrou escanteio, Paquetá raspou, e o camisa 10 cabeceou com força. Ali decretou a vitória e um início de reaproximação entre torcida e Flamengo.

Comentários