Vídeo: Rebelião em presídio vira a noite; Duas mortes foram confirmadas

A rebelião no Presídio de Segurança Máxima de Naviraí que começou na tarde de ontem (04) após o banho de sol dos detentos seguia pela noite adentro, e a policia espera a chegada dos policiais do BOPE e CHOQUE de Campo Grande, para adentrarem no presídio nesta sexta-feira (05), e restabelecerem a ordem no local.

Policiais Militares de Naviraí, Policia Civil, DOF e Policiais da Força Tática da cidade de Dourados estão fazendo a segurança externa do presídio e dos agentes penitenciários. (Fotos:Umbeto-Zum)
Policiais Militares de Naviraí, Policia Civil, DOF e Policiais da Força Tática da cidade de Dourados estão fazendo a segurança externa do presídio e dos agentes penitenciários. (Fotos:Umbeto-Zum)

O presido de Naviraí tem capacidade para 278 detentos, mas abriga atualmente cerca de 600, onde 400 estariam participando da rebelião, que deu inicio quando os detentos se recusaram a voltar para suas celas e começaram uma briga entre eles.

Dois detentos foram mortos, outros sete ficaram feridos e foram socorridos pelas equipes do Corpo de Bombeiros e SAMU até a Santa Casa de Naviraí, onde ficaram internados sob escolta policial.

Durante toda a tarde vários familiares dos presos causaram vários tumultos de frente ao Presídio a procura de informações. Policiais Militares de Naviraí, Policia Civil, DOF e Policiais da Força Tática da cidade de Dourados estão fazendo a segurança externa do presídio e dos agentes penitenciários.

Segundo informações, os presos quebraram todo o presido, colocaram fogo em colchões e estão com armas artesanais feitas por eles. Detentos dos raios 2 e 3 estariam tentando entrar no raio 1, para pegar presos rivais.

De acordo com o presidente do Sinsap, André Santiago, a situação pode ter ligação com a disputa de facções pelo domínio do crime organizado na região sul do Estado. No caso, a briga seria entre o grupo paulista PCC (Primeiro Comando da Capital) e os cariocas do CV (Comando Vermelho). A área, de fronteira seca com o Paraguai, é considerada estratégica.

A rebelião deve ser contida nesta sexta-feira (05), com a chegada o reforço policial. (Com Informações Tanamidianavirai)

Comentários

comentários