Vídeo: Preso dirigindo embriagado agride policiais e se diz ‘amigo do governador’

Um homem de 67 anos, foi preso na noite deste domingo (22), acusado de dirigir embriagado e em alta velocidade, na Avenida Afonso Pena. De acordo com a guarnição da PM, durante a abordagem o homem desacatou e agrediu os policiais resistindo à prisão.

Foto Reprodução
Foto Reprodução

De acordo com o boletim de ocorrência, a guarnição da PM, fazia rondas na região central da cidade quando viu o Audi TT, branco, placas de Campo Grande (MS) em alta velocidade na Avenida Afonso Pena, proximidades da Ceará, segundo os policiais, havia duas passageiras na parte exterior do conversível, e os militares fizeram acompanhamento tático e abordagem.

Segundo as informações dos policiais, durante a abordagem, os documentos do acusado foram solicitados. Ao saber que seria notificado, o homem ficou alterado e disse aos policiais que eles “deveriam estar prendendo bandidos”. Segundo os militares, o motorista ainda disse que não tinha feito nada errado e que um ‘policinha’ não teria autoridade para notificá-lo, porque seria ‘amigo do governador’. 

Segundo o registro da ocorrência, o homem ainda se descontrolou e tentou agredir os policiais com socos e chutes, mas foi imobilizado e algemado. Ele foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) e continuou com as ofensas e ameaças aos policiais militares, ofendeu o investigador da Polícia Civil e reafirmou ser amigo do governador. O delegado Messias Pires convidou o idoso a fazer o teste de bafômetro, que foi recusado.

Como o homem estava em visível estado de embriaguez, foi elaborado o termo de constatação de embriaguez e ele foi encaminhado para o Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal), onde foi feito exame que confirmou o teor alcoólico no sangue. O motorista acabou preso por conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool, resistência e desobediência.

Comentários

comentários