Vídeo: Motorista que furou bloqueio da PRF é localizado e preso

Frank de Brito Rodrigues de 30 anos, conhecido como “Pantera” que fugiu da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na manhã de terça-feira (25), na BR-262, em Corumbá, a 415 quilômetros de Campo Grande, na região de fronteira com a Bolívia, foi preso à noite, no município.

Pantera foi preso na noite de ontem (25), em Corumbá. (Foto: Divulgação/ 6º BPM)
Pantera foi preso na noite de ontem (25), em Corumbá. (Foto: Divulgação/ 6º BPM)

Ele foi encontrado pela Polícia Militar (PM) no bairro Nossa Senhora de Fátima, em frente à casa da ex-companheira, a 60 quilômetros do local da fuga. Segundo a polícia, ele fez ameaças à mulher e também foi autuado pelo crime.

Ainda conforme a PM, Pantera, confessou a fuga, disse que foi de carona até à cidade e que o carro que dirigia era roubado e relacionado a um sequestro relâmpago. Ele tinha ferimento na cabeça causado por dois tiros de raspão, foi encaminhado para atendimento médico e após liberado, foi levado à 1ª Delegacia de Polícia Civil.

Perseguição

Imagens feitas pelas câmeras de segurança da ponte sobre o rio Paraguai, mostram o veículo dirigido pelo suspeito em alta velocidade sendo perseguido por uma viatura da PRF.

Vídeo feito por uma pessoa que estava no local mostra que o carro chega na primeira barreira ainda sem reduzir a velocidade, um policial rodoviário atira e mesmo assim a fuga continua. O suspeito segue pela contramão e passa pelo pedágio.

As câmeras de monitoramento da ponte mostram que em seguida o veículo passa por outra barreira policial feita com carreta. Após a isso, o suspeito abandona o carro e foge por um matagal.

Abordagem

Segundo a PRF, policiais faziam uma fiscalização de rotina na base de Miranda, no km 600 da BR-262, antes de Corumbá, quando um carro branco passou pelo local e ignorou a ordem de parada.

Policiais acompanharam o carro para verificar para onde ele estava indo e garantir a segurança das pessoas que trafegavam pela rodovia.

Enquanto isso, policiais rodoviários federais da região de Corumbá montaram outra barreira, dessa vez próximo à praça de pedágio na ponte sobre o rio Paraguai.

Comentários

comentários