Vídeo mostra médico dando tapa em PM antes de atirar durante discussão em posto de combustíveis

Um novo vídeo mostra o médico que foi preso após atirar em um policial militar dando um tapa na cara da vítima antes de baleá-la, em um posto de combustíveis, em Votorantim (SP). O caso foi registrado na na sexta-feira (8).

As imagens que a TV TEM teve acesso foram feitas por uma testemunha usando um celular (veja acima). O vídeo mostra o momento em que o médico, já com a arma nas mãos, parece discutir com o policial.

Ele dá um tapa no PM que parece tentar se explicar. Quase um minuto depois o médico atira no policial. Ferido com três tiros, o policial se afasta e a testemunha continua gravando. Um rapaz aparece e pede calma e tira a arma de perto do médico.

O PM se senta na rua ao lado de um caminhão e, aparentando estar assustado, ele é acalmado por pessoas que passam pela rua.

A Justiça decretou a prisão preventiva do médico Weber Chimello Blhester, de 50 anos, depois de uma audiência de custódia no sábado (9).

A arma usada no crime pertence ao policial. O PM Leonardo Zucollin da Silva, de 30 anos, foi socorrido consciente pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS), onde passou por cirurgia. O estado de saúde é estável.

Achou que era ladrão
O médico preso em flagrante falou à Polícia Civil que achou que o rapaz era um ladrão e cometeu o crime para se defender.

Segundo o boletim de ocorrência, o suspeito disse que conheceu o policial no local e os dois tomaram cerveja juntos. No entanto, quando estavam perto de um veículo o médico deu um tapa no rosto da vítima, pegou a arma e atirou durante uma discussão.

Comentários