Vice-presidente da Acrissul xinga major da PM e acaba preso na Expogrande

Na noite de ontem (30), o vice-presidente da Acrissul, honatan Barbosa, de 72 anos, recebeu voz de prisão por ter desacatado o major da PM (Polícia Militar), Edilson José de Oliveira Ramos , durante a Expogrande.

Nas imagens postadas no Youtube pelo Cabo Marden, Jhonatan fala ao major Edilson que sempre tratou todos com educação e que exigia respeito em relação à situação. Não há detalhes sobre o que teria causado a irritação do vice-presidente da Acrissul

“Aqui está tudo liberado, o próprio governador que deu a mão”, diz em dado momento do discurso que fazia enquanto o policial se mantinha sentado e quieto. Ele usa o nome de Reinaldo Azambuja em diversos trechos como forma de reafirmar autoridade na situação.

“Sou ouvidor geral do Estado! exigo respeito estou vendo seu nome”, dispara ao apontar para a farda do policial que responde ‘todo ano estou na reunião e o senhor falou a mesma coisa ano passado”, afirma.

O pecuarista que é também ex-deputado estadual, returca dizendo que nunca falou com o major. “Eu nunca falei com o senhor, o senhor é mentiroso, nunca falei com você, eu tenho 72 anos. Eu não admito arrogância, o senhor pode ser polícia militar para bandido, para mim não! Eu sou advogado. Amanhã vou falar com o seu comandante”, disse ao berros Jhonatan Barbosa..

Ao ficar em frente do oficial e com dedo em riste, desafiou-o prendê-lo. No momento que chamou o polícial de moleque, Jhonatan recebeu voz de prisão e os outros policiais que acompanhavam a cena ajudaram a conter o detido.

O vice-presidente da Acrissul foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), da Vila Piratininga, região sul de Campo Grande.

 

Comentários

comentários