Vice do São Paulo diz que já tem favorito para o lugar de Bauza

Em entrevista à Rádio Globo, José Médicis disse que diretoria já vinha pensando em substituto e pretende anunciá-lo antes de jogo de quinta-feira, contra o Atlético-MG

O São Paulo já mira um nome para substituir o técnico Edgardo Bauza, anunciado nesta segunda-feira como treinador da Argentina. O vice-presidente de futebol José Médicis foi quem falou em um treinador mais observado pela diretoria. Ele não quis revelar o nome, nem dizer se é brasileiro ou estrangeiro, apenas afirmou tratar-se de um treinador experiente.

Bauza foi o 9º treinador do São Paulo nesta década (Foto: Ricardo Rímoli/LANCE!Press)
Bauza foi o 9º treinador do São Paulo nesta década (Foto: Ricardo Rímoli/LANCE!Press)

– Não vou dar dicas, não. Negócio é negócio, mas há um nome que está bem cotado. É um treinador com carreira consolidada. Tem que vir alguém com experiência – afirmou Médicis, em entrevista à Rádio Globo.

O dirigente disse que a intenção da diretoria é encaminhar o acordo antes da partida de quinta-feira, contra o Atlético-MG, no Morumbi, para que o escolhido já possa acompanhar o time no embate.

– É o que a gente espera. Não podemos perder tempo – disse Médicis, que foi perguntado sobre o nome de Abel Braga, e saiu-se com essa:

– Não posso dizer que é, nem vou dizer que não é. Mas não tem nada encaminhado nesse sentido. Não houve nenhum contato com ele.

Médicis declarou que o São Paulo já vem pensando no substituto de Bauza desde que o treinador manifestou seu desejo de treinar a seleção, ha 15 dias. Ele confirmou que um técnico da base, no caso André Jardine, pode assumir o time interinamente contra o Galo. Mas também levantou até a hipótese de Bauza se despedir no confronto, ou mesmo o auxiliar Pintado. Com relação ao ex-volante, porém, a direção quer preservá-lo neste momento.

– Não está definido isso, não. Pintado faz parte da comissão técnica e está indo muito bem na função que exerce. Pode ser que ele assuma interinamente, um, dois jogos, mas o ideal seria ele participar na função dele. As outras opções são caseiras. O Bauza talvez fique até quinta-feira. Ou o auxiliar dele, o Di Leo fique para orientar o time até quinta, ou um treinador da base, que venha para orientar o time em um, dois jogos, de forma interina – declarou.

André Jardine é o técnico do Sub-20, multicampeão do ano passado para cá, e vem realizando trabalhos de integração com o profissional no CT. Ele é cotado para assumir o time interinamente. (LANCEPRESS!)

Comentários

comentários