Verstappen diz que luta por título não mudará relação com Ricciardo

Gazeta Esportiva.com

Verstappen e Ricciardo são companheiros desde 2016 (Foto: Mark Thompson/AFP)
Em terceiro lugar no campeonato de construtores da Fórmula 1 em 2017, a Red Bull quer brigar por mais nesta nova temporada que se inicia em março. Colegas de equipe desde o GP da Espanha de 2016, Max Verstappen e Daniel Riccardo possuem uma relação amistosa, especialmente pelo usual bom-humor do australiano, e o holandês acredita que isso não mudaria em caso os pilotos disputassem diretamente o título.

“Temos muito respeito um pelo outro e, francamente, em minha carreira até agora, nunca tive algo assim com um companheiro de equipe. Mesmo se dermos de tudo para lutar duro contra o outro na pista, Daniel é um grande cara e nos divertimos muito fora da pista.Claro, quando você luta pelo título, a situação fica mais intensa na pista. Mas, no fim, você sempre volta àquele respeito mútuo. É preciso aceitar quando um é mais rápido, e acho que conseguimos fazer isso”, afirmou em entrevista à revista SpeedWeek. 

Em 2017, os pilotos chegaram a se estranhar após o jovem piloto causar um incidente logo na primeira volta do GP da Hungria, batendo em Ricciardo e em Sebastian Vettel e tirando todos da prova. O australiano chegou a dizer que a manobra havia sido amadora, mas os pilotos acabaram se resolvendo, depois de Verstappen pedir desculpas.

“Se um de nós tem uma boa corrida, então o outro diz que foi merecido. E isso é muito importante. Então, espero que sejamos companheiros de equipe por muito tempo”, concluiu Verstappen.

Ricciardo inclusive afirmou, recentemente, que vê o holandês mais maduro após enfrentar problemas na última temporada e que a relação segue muito boa entre eles. Verstappen possui contrato com a Red Bull até 2020, enquanto que o acordo do australiano vai até o fim deste ano.

Comentários