Vereadores voltam ao trabalho e enfrentam protesto na Câmara

Manifestantes irritados lotam o Plenário da Câmara Municipal de Campo Grande na manhã desta terça-feira (4). Eles esperam o esperam início da sessão que marca o ínício do segundo semestre do legislativo da Capital.

Foto Silvio Ferreira
Foto Silvio Ferreira

Os vereadores estão reunidos na presidência da Câmara e a segurança teve que ser reforçada com pelo menos 50 guardas municipais porque os manifestantes com palavras de ordem tentaram entrar dentro da presidência.

Ao todo,cerca de 100 manifestantes se aglomeram na Casa de Leis.

A maior parte dos manifestantes são professores que querem chamar a atenção da população para o reajuste salarial.

A categoria pede reajuste de 13,01%, no entanto, a Prefeitura alega não ter condições de conceder o aumento em virtude da situação financeira do Município.

Silvio Ferreira

Comentários

1 Comentário

  1. Tenho certeza que não é só pra chamar atenção sobre o reajuste mais que justo que os professores reivindicam. Ta mais que na cara que a população, assim como eu, não aguenta mais essa baixaria e falta de confiança em que se encontra essa DUPLINHA CÂMARA DE VEREADORES/PREFEITO. ESTÃO INTERLIGADOS EM TUDO. É EXATAMENTE COMO UM (CASAMENTO)/CONTRATO POR CONVENIENCIA. Depois de tudo que foi investigado e mostrado pela mídia, nada foi feito contra esse prefeito. Sabe-se que depende da Câmara a votação pra ter tirado o prefeito e infelizmente alguns vereadores arrumaram um jeito de criar uma nova lei aumentando o número de votos. Sendo assim, ninguém mais acredita nesses políticos. Infelizmente. Mas sabemos que nem tudo é pra sempre. Uma hora chega ao fim. Deixa DEUS no comando. ..

Comments are closed.