Vereadores voltam a sessão em plenário com apenas um projeto a votar nesta 3ª feira

CamaraO trabalho na Câmara de Vereadores de Campo Grande nessa terça-feira (26), após feriadão, tem sessão ordinária, com votação, mas de apenas um Projeto de Lei. O debate e voto ao PL será antecedido pela “Palavra Livre”. Ainda nesta semana, os parlamentares tem outros dois destaques com à blits via Câmara Comunitária, amanhã, e na próxima quinta-feira (28), haverá uma audiência publica para debater a redução da jornada de trabalho dos professores pais de alunos com deficiência.

Os vereadores votam hoje, na sessão ordinária, em primeira discussão e votação, o projeto de lei n. 8.034/15, do vereador Professor João Rocha, que dispõe sobre a inclusão da disciplina de Educação para o Trânsito no currículo das escolas da Rede Municipal de Ensino.

Durante a sessão, a convite do vereador Ayrton Araújo do PT, o presidente do Sindicato dos Bombeiros Civis, Alexandre Luiz Souza Lima, usará a palavra livre para falar sobre a regularização dos serviços do Bombeiro Civil.

Na quarta-feira, os vereadores não ficam na sede do Legislativo, pois estabeleceram desde o mês passado, que todas as quartas haverá a “Sessão comunitária”, que irá aos bairros realizar uma reunião local com moradores e saindo com a bliz de fiscalização, que percorre a região para verificar a realidade dos bens públicos.

Audiência

O trabalho noturno, que será na quinta-feira, terá os vereadores discutindo, a partir das 18h30, a redução da jornada de trabalho dos professores pais de alunos com deficiência. A audiência é convocada pela Comissão Permanente de Cidadania e Direitos Humanos da Casa de Leis, composta pelos vereadores Magali Picarelli (presidente), Dr. Cury (vice), Coringa, Cazuza e Luiza Ribeiro.

Serviço – A audiência será realizada a partir das 18h30 no plenário Edroim Reverdito, na sede da Casa de Leis, localizada na avenida Ricardo Brandão, n. 1.600, bairro Jatiúka Park.

Comentários

comentários