Vereadores de Guia Lopes da Laguna estudam reduzir salários para R$ 980

Seis dos nove vereadores de Guia Lopes da Laguna, distante 234 quilômetros de Campo Grande, aprovaram na noite desta terça-feira (1º) um projeto de lei para reduzir em 75% os salários dos vereadores, além de reduções diferentes para o prefeito, vice e secretários municipais. Como não podem legislar sobre o próprio mandato, a validade seria a partir de 2017.

02guia

Ademir Souza Almeida (DEM) esclareceu que a proposta ainda se encontra em análise na Câmara Municipal, porém conta com o aval e autoria conjunta de seis dos nove vereadores. “Notamos a necessidade de renovação e somos contrários as pessoas que buscam na política se estabelecer como se fosse uma profissão”.

Se aprovados, os novos valores entram em vigor a partir de 2017. A alteração ocorrerá no holerite de prefeito (R$ 16 mil para R$ 11 mil), vice-prefeito (R$ 8 mil para R$ 5 mil), secretários municipais (R$ 6 mil para R$ 3 mil) e vereadores (R$ 3,4 mil para R$ 980).

Além do democrata, fazem parte do grupo proponente os vereadores Sérgio Fragoso (PP), Cleonete Moreno (DEM), Marlon Barbosa (DEM), Gilberto Ferreira (PT) e o presidente da Casa de Leis, Rodrigo de Arruda (PMDB). Destes, somente Arruda desempenha segundo mandato.

Os vereadores da cidade, que possui cerca de 11 mil habitantes, afirma que a redução dos salários de políticos ocorridos nas cidades paranaenses de Jacarezinho e São Mateus do Sul influenciaram os parlamentares de Guia Lopes da Laguna.

Comentários

comentários