Vereador Papy aceita convite da executiva nacional e assume presidência do Solidariedade

No próxima quinzena do mês de agosto deverá acontecer em Campo Grande a posse do vereador Papy para presidente estadual do partido Solidariedade. O convite, feito pela executiva nacional no início deste segundo semestre de 2019, foi aceito pelo vereador que de imediato providenciou a organização da nova diretoria, validado com registro no Tribunal Regional Eleitoral no último dia 23 de julho.

Segundo o secretário-geral nacional do Solidariedade, Luiz Adriano, a direção nacional tem buscado dar mais dinamismo às suas instâncias estaduais colocando em direções pessoas com um perfil mais arrojado, forte, que tenham pretensões futuras de crescimento e fortalecimento dentro do partido.

“O Papy se encaixa perfeitamente neste perfil jovem, dinâmico, trabalhador, mostrou toda essa disposição no trabalho que vem desenvolvendo na Câmara Municipal de Campo Grande. Temos certeza que ele irá também, com esse mesmo empenho, fazer a construção da organização do Solidariedade em todo o Mato Grosso do Sul com vista a fazer uma base forte de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores solidificando o caminho para mais representatividade do partido na Câmara Federal em 2022. Foi com essa esperança e com esse objetivo que escolhemos o Papy pra este cargo”, reforçou o secretário-geral.

Para Papy assumir a presidência não será uma tarefa difícil, visto que o Solidariedade é um partido bem consolidado e muito pleiteado por todos. “O objetivo é tornar essas janelas abertas ainda mais acessível aos nossos candidatos municipais, tanto pra prefeitos, quanto para vereadores, nos principais colegiados eleitorais do Estado. E já estamos com um bom começo, tendo o deputado estadual Lucas de Lima como nosso pré-candidato a prefeito de Campo Grande. Vamos trabalhar para que o Solidariedade seja, de fato, uma comunidade composta por pessoas mais solidárias, humanas e comprometidas. Com Solidariedade a gente muda o Brasil!”

Comentários