Velódromo do Rio de Janeiro passará por outra reforma no teto

Gazeta Esportiva.;com

SÃO PAULO, SP
Velódromo foi última instalação a ser entregue para o Rio 2016 (Foto: Roberto Castro/ brasil2016.gov.br)

O velódromo do Rio de Janeiro, que recebeu as Olimpíadas de 2016, passará por mais uma reforma. De acordo com o Estado de S. Paulo, a obra custará R$1,7 milhão aos cofres públicos, e tem o objetivo de reparar o teto do local.

Em 2017, a cobertura do velódromo já havia passado por uma reforma emergencial de recuperação temporária, por conta de incêndios provocados por queda de balões. Na ocasião, o custo foi de R$199 mil. Agora, a obra, com previsão de 60 dias de duração, deve ser definitiva, com reconstrução do teto, instalação de uma manta de isolamento térmico e montagem de um sistema de proteção mecânica interna contra possíveis quedas de objetos na pista.

O velódromo foi construído para as Olimpíadas do Rio de Janeiro e sua construção custou R$140 milhões. O local é um dos que tem o custo de manutenção mais alto do Parque Olímpico, por conta de questões como o piso de madeira siberiana, que exige uma constante refrigeração por ar-condicionado. Além disso, a cobertura do espaço já passou por dois incêndios provocados por balões e um vazamento por conta de um temporal.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu cometário!
Por favor, insira seu nome aqui