Veja o Ranking Estadual das empresas mais reclamadas em 2018 segundo o Procon-MS

Como parte das ações relacionadas às comemorações do Dia Internacional do Consumidor na data de 15 de março,  a Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor – Procon/MS, órgão vinculado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho –Sedhast, leva ao conhecimento do público consumidor o Cadastro Estadual de Reclamações Fundamentadas com os registros efetuados no período de 01 de janeiro de 2 018 a 31 de dezembro do mesmo ano.

Por reclamação fundamentada  deve se  entender aquelas que demonstrem a legitimidade entre as partes ( consumidor e fornecedor) com elementos capazes de lhe dar a verossimilhança e que não foram prontamente  solucionadas pelo fornecedor. A decisão a respeito de se uma reclamação é fundamentada ou não é de responsabilidade do Procon, seja Estadual, Municipal ou do Distrito Federal onde  ela foi instaurada, por meio de análise técnica em observância aos dispositivos do Código de Defesa do Consumidor.

Para se ter ideia da complexidade para a determinar a fundamentação,  de janeiro a dezembro do ano passado, o Procon Estadual realizou 31 364 atendimentos desse total, somente  6 762  puderam se configurar como reclamações fundamentadas. Na publicação, atendendo a orientação da Secretaria Nacional do Consumidor – Senacon, constam as empresas dom número de reclamações  fundamentadas  em 2 018.

Relação de reclamações fundamentadas: Cadastro de Reclamações Fundamentadas de Mato Grosso do Sul 2018

Comentários