Veículos pesados terão restrição de tráfego nas BR’s de MS por três dias

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciará a Operação Proclamação da República 2019, às 0h desta quinta-feira, 14 de novembro, seguindo até às 23h59 de domingo, dia 17.

Por medida de segurança, devido ao grande aumento no fluxo de veículos, a PRF restringirá o tráfego de bitrens, rodotrens, treminhões, cegonheiras carregadas e veículos com cargas excedentes, que necessitem de Autorização Especial de Trânsito (AET), somente em rodovias federais de pista simples, em três, dos quatro dias do feriado.

Veículos pesados terão restrição de tráfego nas BR’s de MS – Crédito: Arquivo/Adriano Moretto/Dourados News

As medidas começam já amanhã (14/11), entre as 16h e 22h, se estendendo para a sexta, entre 6h e 12h.

No sábado, não há restrição de tráfego a esses veículos pesados, retornando no domingo, entre 16h e 22h.

Fiscalização

Durante os quatro dias de Operação, a PRF tem como objetivo incrementar as ações de policiamento e fiscalização com foco na prevenção e redução da gravidade dos acidentes de trânsito, bem como aumentar a percepção de segurança nas rodovias federais em Mato Grosso do Sul e intensificar o enfrentamento à criminalidade no período da Operação.

Para reduzir o número de acidentes, as equipes irão priorizar ações preventivas para reduzir os abusos cometidos na rodovia, especialmente na alcoolemia ao volante, nas ultrapassagens proibidas e o não uso do cinto de segurança, além do uso de cinto e dispositivos de segurança para crianças (cadeirinhas).

Operação Proclamação da República 2018

Nos cinco dias de Operação em 2018, entre 14 a 18 de novembro, a Polícia Rodoviária Federal registrou 22 acidentes, 6 sendo graves. 34 pessoas ficaram feridas e 4 foram a óbito.

Foram contabilizadas 78 infrações de ultrapassagens indevidas, sendo dessas, 72 praticadas em faixa dupla contínua. O não uso do cinto de segurança foi responsável por 90 infrações, sendo 82 pelos passageiros que não utilizavam o dispositivo de segurança e 19 por crianças não estarem no bebê conforto, cadeirinha ou assento de elevação.

Foram realizados 2.070 testes de etilômetro, 59 pessoas autuadas e 17 pessoas presas por embriaguez ao volante.

Comentários