Vasco vence Foz do Iguaçu no último teste antes do retorno do Brasileiro

Lancepress/JP

Vasco derrotou o Foz do Iguaçu, no último teste antes do retorno do Brasileirão (Foto: Divulgação/Vasco)

No último teste antes do retorno do Brasileirão, o Vasco teve boa atuação na primeira etapa e construiu a vitória por 3 a 1 contra o Foz do Iguaçu, neste sábado, no Estádio ABC. Valdívia, duas vezes, e Pikachu marcaram os gols cruz-maltinos no duelo disputado sob o frio de cinco graus, no Paraná. Deivid descontou para o time anfitrião.

Lado direito funciona
Nos primeiros minutos de jogo, ficou claro o caminho que o Vasco tomaria em busca do gol. Do lado direito, nasciam as melhores jogadas da equipe de Vanderlei Luxemburgo, com as articulações entre Rossi, Pikachu e Valdívia. O camisa 7 perdeu duas boas chances antes de cruzar para o Mago abrir o placar, aos 22. Com um elenco jovem, o Foz explorava a velocidade nos contragolpes e chegou com perigo em duas oportunidades, com Estevão.

Improviso dá certo
Escalado no ataque em razão de lesão de Marrony um pouco antes do apito inicial, Valdívia não desperdiçou a chance de mostrar um bom futebol a Luxemburgo. Em cobrança de falta da entrada da área com muita categoria, o cabeludo ampliou para o Vasco, ainda no primeiro tempo. Antes do intervalo Pikachu ampliou.

Rodou o elenco
Na segunda etapa, Luxa fez uma série de alterações e colocou praticamente todos os reservas em campo para serem testados. Fellipe Bastos apareceu bem com um chute forte de fora da área e Sidão, com uma grande defesa em bola perigosa de Estevão. Bruno Cesar e Tiago Reis também finalizaram, mas Ronaldo Zilio fez boas defesas.

Zaga cochila
Depois das substituições, o Vasco continuou em busca do gol, mas de forma mais desorganizada, com muitos erros de passes, sem conseguir repetir a boa atuação do primeiro tempo. E em um descuido da zaga, Deivid, que acabara de entrar, achou espaço para chutar no canto direito de Sidão e descontar. No fim, Yan Sasse e Andrey tiveram a chance de ampliar, mas faltou pontaria.

Com o resultado Luxemburgo chegou a oito jogos no comando do Cruz-Maltino com cinco vitórias, dois empates e uma derrota, antes do retorno do Campeonato Brasileiro, contra o Grêmio, em Porto Alegre, no sábado.

Comentários