Várias empresas estão interessadas em criar povoado na Lua, diz ESA

lua
A proposta de se criar um povoado lunar foi apresentada pela ESA (Foto: Pixabay)

A direção da Agência Espacial Europeia (ESA) reafirmou que a ideia de criar uma base habitada na Lua tem atraído empresas de todo o mundo que já elaboram seus próprios projetos nesse sentido.  A informação foi divulgada após a reunião dos ministros responsáveis pelos programas espaciais de 22 países que fazem parte da ESA, além da Eslovênia e Canadá.

O objetivo do encontro foi discutir o financiamento de programas espaciais.  “Nós temos agora uma lista de todos que pretendem participar deste conceito de povoado lunar.  Não são apenas ‘ideias de empresas, mas projetos efetivos de ir à Lua’, disse em coletiva de imprensa o diretor da agência Johann-Dietrich Worner.  “Estamos unindo esforços”, acrescentou o dirigente da ESA, salientando que “até a NASA faz parte da união de propósito”, acrescentou.

Worner faz questão de frisar, no entanto, que até agora, o povoado lunar não passa de uma ideia, embora os primeiros passos para se criar uma base lunar já tenham sido dados.

A proposta de se criar um povoado lunar foi apresentada pela ESA em abril deste ano. O projeto uma base para o desenvolvimento da ciência, negócios, mineração e até mesmo do turismo. Conforme Johann-Dietrich Worner, desta forma será possível abrir caminho para missões a Marte e mais além.

Definição de povoado

“O termo povoado foi escolhido para expressar a natureza de um lugar onde pessoas com diferentes capacidades e oportunidades se reúnem e constroem uma comunidade”, completou Worner.

TN Online com informações do The Guardian e da ESA

Comentários