Unidade 2 do Rede Solidária deve ser entregue ainda neste semestre

A governadora em exercício, Rose Modesto, anunciou nesta quinta-feira (28) a nova unidade do Rede Solidária que será implantada no Jardim Noroeste, em Campo Grande. Na oportunidade, Rose também disse que cidades do interior e da linha de fronteira receberão o projeto, atendendo demanda estabelecida por prefeitos diante da boa atuação da primeira unidade da Capital. “Após a inauguração da unidade Dom Antônio Barbosa do Rede Solidária, e mais intensamente nas últimas semanas, recebemos várias demandas de prefeitos solicitando  o Rede em suas cidades. A intenção é que neste ano, além de mais duas unidades em Campo Grande, chegaremos ao  interior do Estado, possivelmente em uma cidade da faixa de fronteira”, explicou.

Foto: Leca
Foto: Leca

Ainda durante o anúncio, a governadora em exercício justificou a escolha do Jardim Noroeste, com mais de 13 mil moradores, citando dados que, por exemplo, mostram o aumento de 150% nos homicídios na região de 2014 para 2015; a grande maioria de crianças no cenário da população, e ainda o pior índice de qualidade de vida da Capital. A nova unidade no Jardim Noroeste deve entrar em operação até o próximo mês de junho.

Parceria Fiems

Na oportunidade, foi assinado termo de compromisso com a Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems), por meio do Senai, que irá proporcionar mais mil vagas em cursos de capacitação, como por exemplo, corte e costura, pedreiro e encanador para os adultos atendidos na unidade Dom Antônio Barbosa do Rede Solidária. “Nosso compromisso é com o desenvolvimento do Estado, e esse compromisso passa pela educação e qualificação do profissional. Estamos muito satisfeitos com essa parceria com o Governo do Estado”, disse o presidente da Fiems, Sérgio Logen.

Conforme o diretor-regional do Senai, Jesner Escandolhero, os interessados em qualificação já podem procurar a unidade do Rede Solidária e se cadastrarem para cursos. “Estamos finalizando a oferta de cursos gerais na região do Dom Antônio Barbosa. Nossas salas de aula funcionarão estrategicamente localizadas na região atendendo a todos da melhor forma. A partir de março, vamos abrir a matrícula definitiva e iniciar das qualificações dentro dessas mil vagas”, explicou.

Outra novidade para a unidade Dom Antônio Barbosa é a implantação do reforço escolar para as crianças, que acontecerão no contraturno escolar, ocupando o tempo ocioso e evitando que fiquem nas ruas correndo riscos. Atualmente a unidade conta com projetos distribuídos em sete módulos atendendo mais de 850 pessoas em cursos como o de padaria, musicais e de ballet.

Também participaram do ato a secretária em exercício da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, Elisa Cleia Pinheiro; o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck;  a coordenadora do Programa Rede Solidária, Angela Brito e a superintendente do Programa Vale Renda, Angela Nunes.

Sobre o Rede Solidária

A meta do programa social do Governo é atender tanto as pessoas que recebem o Vale Renda – um benefício para pessoas em situação de risco social (R$ 170 mensais), quanto famílias em situação de vulnerabilidade social. A primeira unidade foi inaugurada em novembro de 2015, com a presença do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Comentários

comentários