UFC suspende Jon Jones e lutador perde o cinturão

Daniel Cormier e Anthony Johnson se enfrentam por título em maio

Estados Unidos – Jon Jones não é mais campeão do UFC. Após ser detido por provocar um acidente de trânsito e fugir do local sem prestar socorro às vítimas, incluindo uma grávida que teve o braço quebrado, a organização do Ultimate decidiu suspender o lutador, por tempo indeterminado, e tirar dele o cinturão dos pesos meio-pesados. A decisão foi tomada em uma reunião entre os organizadores do UFC e divulgada pelo presidente, Dana White, no programa “Fox Sports Live” dos Estados Unidos.

 Jon Jones em foto na polícia após ser detido Foto: Divulgação

Jon Jones em foto na polícia após ser detido Foto: Divulgação

Com isso, Jon Jones está fora do UFC 187, programado para 23 de maio em Las Vegas. Ele será substituído por Daniel Cormier, que agora fará a luta principal do evento contra Anthony Johnson, em disputa válida pelo título da categoria.

Jon Jones, de 27 anos, era o detentor do cinturão dos meio-pesados desde março de 2011, sendo o lutador com o maior número de defesas do UFC, 8. Além disso, o americano era considerado o melhor peso por peso do mundo. Recentemente, ele se envolveu em uma polêmica ao ser flagrado no exame antidoping por uso de cocaína em janeiro deste ano.

Logo após o anúncio oficial de Dana, o UFC divulgou um comunicado sobre a situação do lutador:

“O UFC anuncia que está suspendendo Jon Jones por tempo indeterminado e retirando o seu cinturão peso-meio-pesado como resultado das violações ao código de conduta da nossa organização. Jones foi recentemente preso em Albuquerque com uma acusação de crime por fugir do local do acidente envolvendo uma pessoa ferida. Como resultado dessa acusação e de outras violações do nosso código de conduta, a organização acredita que é melhor conceder tempo ao Jones para que ele foque nas suas pendências legais.

O UFC sente fortemente que os atletas precisam seguir algumas normas dentro e fora do octógono. Enquanto há um certo desapontamento nesses encargos recentes, a organização continua apoiando o Jones enquanto ele estiver passando por esse processo legal.

Com essa decisão, o UFC determinou que o desafiante número um, Anthony Johnson, passa a enfrentar o terceiro colocado, Daniel Cormier, pelo cinturão dos meio-pesados no UFC 187, dia 23 de maio, em Las Vegas”

O DIA

Comentários

comentários