UEMS promoverá divulgação científica em escolas de 17 a 23 de outubro

foto_bb5f786c264a2e68d31835fbc5f999e4_2016-10-17_11-06-27A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) irá promover, de 17 a 23 de outubro, em diferentes unidades universitárias, um cronograma com ações de divulgação científica dentro da 13ª Semana Nacional de Tecnologia (SNCT) com o objetivo de aproximar a população dos conhecimentos gerados na Universidade e, também, da produção alimentar do campo.es

“A Ciência Alimentando o Brasil” foi o tema da SNCT escolhido para este ano, mediante decisão da ONU, que proclamou 2016 como o Ano Internacional das Leguminosas (AIL). Assim, visando obter o máximo envolvimento da população, em especial, dos jovens estudantes do Ensino Básico e Médio de escolas públicas, no campo e na cidade, a UEMS trabalhará em duas frentespara disseminação da ciência nos dias abarcados pela 13ª SNCT.

Conhecimento do Tekoha

Uma das propostas dentro da 13ª SNCT, e marcada pela interdisciplinaridade, uniu os cursos de Física, Letras, Matemática, Biologia e Mestrado em Educação Científica e Matemática (Unidade de Dourados) e Biologia (Unidade de Ivinhema), que desenvolveram uma programação regional inspirada pela expressão guarani Tekoha Hesãi Rehegua, que evoca a ideia de saúde (hesãi) como harmonia que entrelaça corpo e da alma de todos os seres vivos formando otekoha. O foco desta ação são os alunos de escolas do campo.

De acordo com o prof. Dr. Adilson Crepalde (Letras), a iniciativa dará destaque à questão ecológica, embasada no pensamento guarani-kaiwoá do termo Tekoha, o qual indica que todas as coisas, no universo compartilhado pelo homem e elementos da natureza, estão interligadas.

“Na elaboração do cronograma da 13ª SNCT, optamos por trabalhar uma proposta biocêntrica, considerando outras visões de mundo e outros modos de produção alimentar, à sabedoria indígena regional, ao conhecimento do homem do campo. Devido a essa perspectiva, a participação dos produtores rurais da agricultura familiar é fundamental para esse propósito”, destaca Crepalde.

Para a profa. Cecília Nascimento (Física), o evento “contribui para o aumento da cultura científica dos cidadãos em vários locais, principalmente onde há carência de espaços culturais como museus e centros de ciência”. A docente da UEMS ainda reforça que a 13ª SNCT traz para o centro da discussão a produção regional de alimentos orgânicos, seus desafios e suas contribuições para a segurança alimentar e nutricional.

“Essa temática nos permite também refletir sobre nosso conhecimento dos ciclos e processos naturais da região e como se dá o uso e ocupação do solo. Portanto, queremos, com esta programação, pensar as questões locais em relação ao modo como produzimos e reproduzimos a vida globalmente”, finaliza Cecília. Confira abaixo a Programação:

Dia 17 – UEMS de Dourados

Às 19h – Atividade: Palestra de Abertura “Segurança alimentar e nutricional e educação ambiental: Os desafios frente ao agronegócio”. Convidados: Rodrigo de Azevedo Lamosa (UFRRJ) e Verônica Gronau Luz (UFGD). Local: Anfiteatro da UEMS.

Dia 18 – UEMS de Dourados

Às 19h – Atividade: Roda de Conversa com Especialistas. Convidados: Olácio Komori (APOMS/Cresol); Antônio Ribeiro (Agricultor Familiar/APOMS/Dourados); (Vangivaldo Belo da Silva/Agricultor Familiar/Presidente da Agrovargas); Ramão Castro (Agricultor Familiar/Comunidade Quilombola/Distrito de Picadinha). Local: Feria Agroecológica do Pque dos Ipês.

Dia 19 – UEMS de Dourados

Às 19h – Atividade: Palestra “Educação, trabalho e lugar: a escola como espaço de produção de conhecimentos textualizados”. Convidado: Maurício Compiani (Unicamp). Local: Anfiteatro da UEMS.

Dia 20 – UEMS de Dourados

Das 9h Às 17h – Atividade: Mostra de Ciências para Estudantes de Escolas Públicas. Local: Unidade da UEMS de Dourados.

Ações da Acade/UEMS

Em outra frente de atividades, dentro da 13ª SNCT, por meio da Assessoria de Popularização da Ciência e Desenvolvimento Educacional (Acade), a UEMS realizará ações tendo como público-alvo alunos de escolas públicas nas Unidades de Dourados, Maracaju, Nova Andradina e Jardim, com mesa-redonda, oficinas e exposição do planetário da UEMS do Projeto Saturno, com a seguinte Programação.

A UEMS participa das edições da SNCT desde 2004, quando a instituição realizou ações fora dos muros da instituição – em Dourados, naquele ano, as ações ocorreram no Parque Antenor Martins. Desde então, a cada ano, a Universidade vem ampliando sua participação neste evento anual buscando integrar a comunidade em geral ao saber acadêmico. Nesta edição, por meio da Acade, a Universidade busca descentralizar as atividades de Dourados, levando atrativos para outras unidades universitárias.

“O foco da SNCT é a alfabetização científica junto a estudantes de escolas públicas. É o momento no qual a Universidade se aproxima da sala de aula, promovendo uma interação entre jovens estudantes e pesquisadores acadêmicos, fato que resulta numa ‘desmistificação’ da profissão do cientista e que, possivelmente, desperta o interesse destes alunos em seguir a carreira universitária”, defende o responsável pela Acade.

Dia 17 – UEMS de Dourados

Manhã e Tarde – Sessões do Planetário abertas à comunidade

Noite – Mesa redonda sobre o tema “A polenta nossa de cada dia”. Integrantes: a chef Cris Vicentin, profa. Dra. Eliana Janet, da UFGD e o maestro Adilvo Mazzini. Local: E.E Presidente Vargas.

Dia 18 – UEMS de Maracaju

Tarde – Oficinas de Formação de professores em Ciências (docentes da rede municipal)

Noite – Observação Astronômica na Unidade da UEMS (aberta a comunidade)

Dia 19 – UEMS de Maracaju

Manhã e Tarde – Sessões do Planetário abertas à comunidade

Dia 20 – UEMS de Nova Andradina

Manhã e Tarde – Sessões do Planetário abertas à comunidade (em parceria com IFMS e Anhanguera)

Dia 21 – UEMS de Jardim

Manhã – Cursos de Formação de professores em Ciências e Sessões do Planetário

Tarde – Palestra “A história da Aeronáutica

Noite – Conferência As Oportunidades que a Ciência oferece

Dia 22 – UEMS de Dourados

Manhã, tarde e noite – Exposição do Planetário, no Shopping Avenida Center

Dia 23 – UEMS de Dourados

Manhã, tarde e noite – Exposição do Planetário, no Shopping Avenida Center

Sobre a SNCT

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – SNCT – foi estabelecida pelo Decreto de 9 de Junho de 2004. Ela é realizada sempre no mês de outubro sob a coordenação do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), por meio do Departamento de Difusão e Popularização da Ciência e Tecnologia (DEPDI/SECIS) e conta com a colaboração de secretarias estaduais e municipais, agências de fomento, espaços científico-culturais, instituições de ensino e pesquisa, sociedades científicas, escolas, órgãos governamentais, empresas de base tecnológica e entidades da sociedade civil.

Tem o objetivo de aproximar a Ciência e Tecnologia da população, promovendo eventos que congregam centenas de instituições a fim de realizarem atividades de divulgação científica em todo o País. A ideia é criar uma linguagem acessível à população, por meios inovadores que estimulem a curiosidade e motivem a população a discutir as implicações sociais da Ciência, além de aprofundarem seus conhecimentos sobre o tema. O período oficial da 13ª SNCT vai de 17 a 23 de outubro de 2016.

Comentários

comentários