Uefa descarta decisão da Liga dos Campeões em Nova York

Gazeta Esportiva.com

Os torcedores que esperavam e alimentavam os rumores divulgados na última semana quanto a possibilidade de uma decisão da Liga dos Campeões em Nova York, nos Estados Unidos, receberam uma notícia nada positiva nesta quinta-feira. Em comunicado oficial, o presidente da Uefa, Aleksander Ceferín, revelou que não existem negociações em andamento e essa ideia sequer está sendo discutida.

“Essa ideia não está sendo discutida atualmente”, afirmou Ceferín, que já havia se pronunciado e descartado a possibilidade no sorteio dos grupos da competição continental realizado em Monaco, no último dia 30 de agosto.

As especulações quanto a chance de uma final de Champions League ser disputada em solo americano voltaram à tona nesta semana, quando o diretor geral Jaume Roures, da empresa de comunicação espanhola Mediapro, que detém os direitos de transmissão da competição no país, declarou uma sondagem da entidade europeia para tentar viabilizar a partida da entrega da taça em Nova York.

Com os Estados Unidos descartado, a maior probabilidade é de que os estádios europeus continuem mantendo a hegemonia na decisão da Liga dos Campeões, já sendo conhecidas até mesmo as duas próximas sedes. Na atual temporada, o recém-inaugurado Wanda Metropolitano, casa do Atlético de Madrid, será o palco da entrega da taça, enquanto o Ataturk Olympic Stadium, em Istambul, receberá os finalistas em 2020.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here