TSE cassa a candidatura de Alcides Bernal a deputado federal

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acaba de tirar o ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, da eleição.

Candidato deve recorrer a decisão no STF (Supremo Tribunal Federal)

Por 5×2, o tribunal reconheceu a tese do advogado Valeriano Fontoura, que o registro é analisado caso a caso e que o fato dele ter sido homologado como candidato em 2014, não vale para outro registro.

Segundo Valeriano, ainda cabem embargos ou uma liminar no STF, mas as chances de Bernal diminuíram muito. Com isso a decisão da Câmara Municipal que cassou Bernal, é tida como consistente.

O MDB pediu a impugnação da candidatura de Bernal, alegando que por ele ter sido cassado em 2014, quando ainda era prefeito da Capital, ainda estaria inelegível.

Comentários

1 Comentário

  1. Em 2014 soubemos que o André MDB que foi preso comprou vereadores para cassar o mandato de prefeito do Bernal. E agora acha que Mochi MDB iria deixar por menos! Deveriam era substimar menos a nossa inteligência.

Comments are closed.