TSE: 310 urnas são substituídas em todo o país

O Globo/JP

O primeiro boletim divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) neste domingo mostra que 310 urnas precisaram ser substituídas em todo o país em decorrência de problemas técnicos. O número corresponde a 0,06% do total de 454.493 equipamentos utilizados em todo o território nacional.

De acordo com o TSE, o estado que teve mais urnas substituídas foi São Paulo, com 49, seguido por Minas Gerais, com 46, e Sergipe, com 35 equipamentos trocados. Ao todo, o TSE disponibilizou 67.353 urnas de contingência para serem utilizadas em caso de problemas nos pontos de votação.

Apesar das substituições, até o momento não foi necessária a realização de votação manual em nenhuma zona eleitoral. Ao todo 147,3 milhões de eleitores brasileiros estão aptos a votar neste ano em 5570 municípios brasileiros. O eleitorado deste ano é 3,14% maior que o das eleições de 2014.

O TSE informou que foram registradas até o momento 38 ocorrências e três prisões nas eleições deste domingo. Dos presos, um é um candidato de São Carlos, no interior São Paulo, que foi detido por divulgação de propaganda, o que é vetado no dia da votação.

Do total de 38 ocorrências, cinco envolveram candidatos, sendo três delas em Minas Gerais, também por divulgação de propaganda eleitoral, só que sem prisão. Em relação aos não candidatos, foram registradas duas prisões em Mato Grosso do Sul: uma devido a divulgação de propaganda e outra por “outros motivos” que o TSE não detalhou.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu cometário!
Por favor, insira seu nome aqui