Trump diz não haver necessidade de incluir Canadá em acordo com o México

Portal G1

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse neste sábado (1º) que não há necessidade de incluir o Canadá no novo acordo comercial com o México e alertou o Congresso norte-americano a não interferir nas negociações.

“Não há nenhuma necessidade política de manter o Canadá no novo acordo do Nafta [Acordo de Livre Comércio da América do Norte]. Se não fizermos um acordo justo para os EUA após décadas de abusos, o Canadá estará fora”, disse Trump no Twitter.

@realDonaldTrump

There is no political necessity to keep Canada in the new NAFTA deal. If we don’t make a fair deal for the U.S. after decades of abuse, Canada will be out. Congress should not interfere w/ these negotiations or I will simply terminate NAFTA entirely & we will be far better off…

Ele acrescentou que o Congresso não deve interferir nessas negociações e ameaçou simplesmente acabar com o Nafta completamente. “Ficaremos melhor assim”, escreveu. Segundo ele, o Nafta foi um dos “piores acordos comerciais já feitos”.

Acordo sem o Canadá

Na véspera, Trump notificou formalmente ao Congresso sobre a intenção de assinar um acordo comercial com o México nos próximos 90 dias, ao qual o Canadá pode se juntar “se desejar”.

Trump, telefona para o presidente mexicano, Enrique Pieña Nieto, para parabenizá-lo sobre acordo comercial firmado entre os dos países (Foto: Kevin Lamarque/Reuters)

Na segunda-feira, Trump anunciou de maneira inesperada que tinha chegado a um acordo com o México e afirmou que o Canadá poderia se juntar ou negociar um pacto comercial separadamente.

O objetivo do acordo é reformar o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta), em vigor desde 1994 entre os três países e que atualmente engloba mais de US$ 1 bilhão anuais em operações comerciais.

O presidente dos EUA disse querer “se livrar do nome Nafta”, que tem uma “conotação ruim”, e que por isso o acordo será chamado “The Unites States-México Trade Agreement” (Acordo Comercial Estados Unidos-México).

Negociações continuam

Após uma semana de intensas negociações com a ministra canadense Chrystia Freeland para atualizar o Nafta, surgiram alguns avanços, mas não suficientes para carimbar o pacto. Ambas as partes voltarão a se reunir em Washington esta semana.

As conversas entre os dois países azedaram fortemente na sexta-feira (31), depois que o presidente dos Estados Unidos disse que um pacto ocorreria nos termos dos Estados Unidos e Ottawa permaneceu firme contra assinar “um acordo qualquer”.

“As conversas foram construtivas e fizemos progressos. Nossa equipe se reunirá com a ministra Freeland e seus colegas na quarta-feira da próxima semana”, informou Lighthizer.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here