Trio Messi, Neymar e Suárez está perto de virar o maior goleador do Barça

Neymar, Suárez e Messi têm noite para fazer história no Barcelona. O trio ofensivo já pode se tornar o mais goleador da história do clube no duelo contra o Getafe, no Camp Nou, às 15h (de Brasília), em jogo válido pela 34ª rodada do Campeonato Espanhol.

Trio de atacantes do Barcelona
Trio de atacantes do Barcelona

Até o momento na temporada são 97 gols dos três jogadores. A marca a ser superada é a de 2011-2012, quando Cesc Fàbregas, Messi e Alexis Sánchez chegaram a 101 gols. O Barça é o líder da competição com 81 pontos, dois a mais que o Real Madrid.

O time disputará pelo menos 8 jogos até o fim da temporada europeia, incluindo Campeonato Espanhol, Copa do Rey e Liga dos Campeões. A quantidade de partidas a realizar pode aumentar caso o Barça avance na Liga.

O trio recordista em gols pelo Barcelona teve Messi responsável por 73, dos 101 gols (Fàbregas fez 15 e Sánchez 13). A situação atual é bem diferente, com os três jogadores da frente se destacando na artilharia. O argentino é o líder com 47 gols. Neymar tem 31 e o Suárez, 19.

Por conta da divisão na artilharia, o super ataque do Barça é mais comparado na Catalunha com o trio formado por Messi, Samuel Eto’o, e Thierry Henry na temporada 2008/2009. Ele é o segundo maior da história com a marca de 100 gols (veja tabela abaixo).

“Temos a impressão de que o trio atual vai pulverizar recordes. O poder decisivo deles é impressionante e em jogos mais fáceis como esse contra o Getafe marcas devem ser quebradas. O Barcelona só está bem nas três competições que disputa por causa do sucesso do tridente”, opinou o jornalista Bruno Alemany, da rádio catalã Cadena Ser.

A média de gols de Neymar/Suárez/Messi é de 2,3 por partida. O trio precisa de três para atingir ao menos a marca centenária. No entanto, animam o fato do Getafe ter sofrido 46 gols na competição, ser o 13º colocado do campeonato, e vítima de goleadas históricas no Camp Nou, como o 6 a 1 há duas temporadas.

O que pesa contra, ao menos nesta terça, é que um dos três pode ser poupado pelo treinador Luis Enrique (Suárez é o mais provável). O segundo é o fato do Barcelona ter empatado por 0 a 0 o jogo do primeiro turno –Neymar, lesionado, não atuou.

O Getafe é um time que se defende bem. Só que aqui no Barça vamos sempre ao máximo. Vamos seguir atacando e jogando de forma intensa, como finais”, avisou Luis Enrique na véspera do jogo.

O recorde de gols do ataque do Barcelona pode não chegar contra o Getafe. Mas parece óbvio que será facilmente superado. O time fará, no mínimo, mais oito jogos sendo cinco pelo Espanhol, dois na semifinal da Liga dos Campeões diante do Bayern de Munique e um na decisão da Copa do Rei contra o Atlhetic de Bilbao.

Assim que quebrada, a nova marca a ser superada será a de ataque mais goleador do futebol espanhol. Até o momento é o do Real Madrid na temporada 2011-2012 é o recordista com 118 gols. Na ocasião, o português Cristiano Ronaldo fez 60, o francês Karim Benzema marcou 32 e o argentino Gonzalo Higuaín outros 26.

Veja números dos últimos 10 ataques do Barcelona

2014-15: 97 gols (Messi, 47; Neymar, 31 e Suárez, 19)
2013-14: 81 gols (Messi, 41, Alexis, 21 e Pedro, 19)
2012-13: 67 gols (Messi, 46; Cesc, 11 e Villa, 10)
2011-12: 101 gols (Messi, 73; Cesc, 15 e Alexis, 13)
2010-11: 98 gols (Messi, 53; Villa, 23 e Pedro, 22)
2009-10: 91 gols (Messi, 47; Pedro, 23 e Ibrahimovic, 21)
2008-09: 100 gols (Messi, 38; Eto’o, 36 e Henry, 26)
2007-08: 53 gols (Henry, 19; Eto’o, 18 e Messi, 16)
2006-07: 54 gols (Ronaldinho, 24; Messi, 17 e Eto’o, 13)
2005-06: 75 gols (Eto’o 34; Ronaldinho, 26 e Larsson, 15)

UOL

Comentários

comentários