Trio é preso após estupro coletivo de menina de 16 anos em casa noturna

Três homens foram presos suspeitos de estuprar uma menina de 16 anos, em uma casa de show em Miranda, a 203 km de Campo Grande. Segundo a polícia, o crime aconteceu no dia 27 de julho quando a adolescente e o primo dela, com a mesma idade, foram convidados pelos proprietários a ir no local para consumirem bebida alcoólica. A prisão do trio ocorreu na última sexta-feira (17).

Suspeito serão transferidos para o Presídio de Dois Irmãos do Buriti (MS). (Foto: Site Expresso MS)

De acordo com o delegado Pedro Henrique, responsável pelas investigações, os suspeitos do crime coletivo tem 23, 25 e 36 anos e são as pessoas quem convidaram a vítima e o primo dela. Por volta das 22h (de MS), o jovem sentiu falta da prima, momento que saiu da casa noturna e chamou um amigo mais velho.

Quando os dois retornaram, procuraram a garota por vários pontos da casa e viram uma sala que estava com a porta trancada e decidiram arrombar. Dentro, eles flagraram os três homens em torno da adolescente que estava nua e desacordada em um colchonete.

De acordo com a polícia, o jovem disse que pegou a menina e a levou para atendimento médico e depois com o amigo, foram registrar um boletim de ocorrência. Ainda segundo a polícia, por conta das agressões, a garota ficou em torno de 4 dias sem poder se locomover.

Segundo o delegado, os suspeitos foram até a casa da vítima ameaçar o irmão e o pai da garota, pedindo para que a família retirasse a queixa. Durante as investigações, os policiais foram ao local do crime, encontraram preservativos, resto de bebida alcoólica e o colchonete com marcas de sangue. Laudos médicos apontaram a confirmação dos abusos.

De acordo com a polícia, os homens estão presos na delegacia de Aquidauana (MS) e, em breve, serão transferidos para o presídio da cidade de Dois Irmãos do Buriti (MS). Eles vão responder pelos crimes de estupro vulnerável e de dar bebida alcoólica para menor de idade.

Comentários