Tribunal suíço rejeita pedido e Guerrero só retorna aos gramados em abril

Gazeta Esportiva.com

Guerrero continua treinando normalmente no CT do Internacional (Foto: Ricardo Duarte/Inter)

O Tribunal Federal da Suíça negou nesta quinta-feira o recurso do centroavante Paolo Guerrero, que pedia a redução da sua suspensão por doping. Dessa forma, o peruano só volta aos gramados no dia 5 de abril quando, de fato, termina a punição.

Se o recurso tivesse sido aceito, ele poderia jogar neste domingo contra o Aimoré, às 16h (de Brasília), no Estádio Beira-Rio, pelo Campeonato Gaúcho. Conforme o comunicado da entidade, o jogador arcará com os custos do processo, assim como uma multa, resultando em US$ 15 mil (equivalente a R$ 57 mil).

Guerrero foi suspenso em outubro de 2017, no jogo entre Peru e Argentina pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, após o exame de doping acusar a presença de cocaína em seu organismo. Em dezembro do mesmo ano, ele conseguiu redução para seis meses, tendo sido, então, liberado para jogar pelo Flamengo e também pela sua seleção no Mundial da Rússia.

Contratado pelo Internacional, ainda não conseguiu estrear, pois teve que cumprir nova pena logo em seguida. O jogador vem realizando uma pré-temporada no Beira-Rio e tem participado de jogos-treinos.

Comentários