Três pessoas são presas suspeitas de matar o ex-vereador Alceu Bueno

Foram presos nesta quarta-feira (28) uma mulher e dois homens suspeitos de terem matado o ex-vereador de Campo Grande, Alceu Bueno, na noite do dia 20 de setembro, logo após sair da empresa em que era proprietário.

A identidade dos presos não foi revelada, apenas foram confirmadas as detenções sem mais detalhes do caso. O secretário de estado de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa afirmou que hoje à tarde haverá uma entrevista para explicar o caso e dar mais detalhes acerca da investigação.

As prisões dos suspeitos culminaram das investigações de outro caso, os assassinatos cometidos por Nando. Destas apurações, apareceram pistas acerca da morte de Bueno e a Polícia Civil chegou nas três pessoas detidas.

A investigação ficou em sigilo e seguiu várias linhas de possíveis motivos para o crime, porque o ex-vereador esteve envolvido em um esquema de exploração sexual de menores de idade, além de suspeita de agiotagem. A possível motivação por agiotagem foi levantada pelo também vereador e amigo de Bueno, Carlão (PSB).

Corpo Encontrado

Foto: Ivan Silva

O ex-vereador teria passado o dia todo em sua empresa, segundo as informações da família à polícia, Bueno saiu de seu depósito por volta das 21h30, horário em telefonou pela última vez para sua família. Ele foi morto estrangulado. Relembre o caso aqui.

O corpo de Alceu Bueno foi encontrado carbonizado no Parque dos Poderes, e segundo a polícia o local foi utilizado apenas para a desova do corpo.

Comentários