Três brasileiros aparecem em lista de 40 indicados ao prêmio Golden Boy

Gazeta Esportiva.com

Vinícius Júnior, formado no Flamengo e atualmente no Real Madrid (Foto: PIERRE-PHILIPPE MARCOU/AFP)

Vinícius Júnior, do Real Madrid, Éder Militão, do Porto, e Evander, ligado ao Vasco, mas emprestado ao Midtjylland. Uma dessas três promessas do futebol brasileiro ainda pode levantar o troféu Golden Boy 2018. Nesta segunda-feira, o jornal italiano Tuttosport, que concede o prêmio ao melhor atleta sub-21 atuante no futebol europeu, anunciou mais uma atualização na lista de indicados e alimentou as esperanças do Brasil voltar ao topo da lista, algo que aconteceu pela última vez em 2009, com Alexandre Pato.

Apesar das possibilidades brasileiras, um nome surge como franco favorito a conquista do prêmio: Kylian Mbappé. Vencedor já na última temporada, o craque do Paris Saint-Germain, eleito a grande promessa da Copa do Mundo da Rússia, sai na frente pela disputa, com nomes como os de Phil Foden (Manchester City), Justin Kluivert (Roma), Timothy Weah (PSG) e Cutrone (Milan) correndo por fora.

Como ocorre tradicionalmente na eleição, são publicadas atualizações mensais pelo jornal italiano, que reduz em 20 nomes os candidatos ao prêmio. Com a publicação desta segunda-feira, os também brasileiros Mauro Jr. (PSV) e Léo Jabá (PAOK) perderam a chance de levantar o troféu. A próxima lista, com os 20 finalistas, sai no dia 1º de novembro e o vencedor será anunciado em dezembro a partir da eleição realizada por um júri especializado.

Até hoje, apenas dois brasileiros venceram o Golden Boy. Além de Pato, em 2009, o meio-campista Anderson triunfou no ano anterior (2008). Caso Mbappé seja eleito, será a primeira vez na história do prêmio que um jogador do mesmo país ou, no caso, o mesmo atleta, vence duas vezes consecutivas.

Éder Militão, formado nas categorias de base do São Paulo e atualmente no Porto (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Alexander Arnold (Liverpool)
Amian (Tolosa)
Aouar (Lyon)
Barrow (Atalanta)
Bijlow (Feyenoord)
Brekalo (Wolfsburg)
Cutrone (Milan)
Dani Olmo (Dínamo Zagreb)
Davies (Everton)
De Ligt (Ajax)
Diaby (PSG)
Diogo Dalot (Manchester United)
Doan (Grönigen)
Éder Militão (Porto)
Édouard (Celtic)
Evander (Vasco/Midtjylland)
Foden (Manchester City)
Hakimi (Borussia Dortmund)
Haidara (RB Salzburg)
João Félix (Benfica)
João Jota (Benfica)
Jovan Cabral (Sporting)
Joveljic (Estrela Vermelha)
Kamara (Olympique de Marselha)
Kean (Juventus)
Abdoulaye Keita (Dijón)
Justin Kluivert (Roma)
Lafont (Fiorentina)
Manu Garcia (Toulose)
Mbappé (PSG)
Pulisic (Borussia Dortmund)
Saracchi (RB Leipzig)
Sarr (Rennes)
Upamecano (RB Leipzig)
Vinicius Junior (Real Madrid)
Wagué (Barcelona)
Timothy Weah (PSG)
Zaniolo (Roma)

Comentários