Travesti esfaqueada na “cracolândia” morre na Santa Casa

10cacroUma travesti de 25 anos que foi esfaqueada durante uma suposta briga com colegas de programa morreu a madrugada desta sexta-feira (10), na Santa Casa de Campo Grande. . O crime ocorreu por volta das 22h30 de ontem (9) na rua Estevão Capriata, Vila Progresso, em Campo Grande.

Segundo informações da polícia, a vítima não portava documento pessoal, porém, uma amiga a identificou como Flávio da Silva Correia durante o atendimento na Santa Casa.

Ela disse que não estava no local e, por isso, não poderia prestar mais informações sobre o crime. Disse apenas que a travesti teria sido esfaqueada por colegas que também fazem ponto na região.

Ainda de acordo com a polícia, Flávio sofreu de seis a sete perfurações no tórax, na região lombar e na cabeça.

O caso é apurado na 4ª Delegacia de Polícia, da Vila Moreninhas.

Comentários

comentários