Traficante mata e queima vizinho após briga por esconderijo de drogas

04casosO cuidador de idoso Roberto Carlos Duarte Estigarribia, 49 anos, foi ferido com dois golpes de faca no pescoço antes de morrer carbonizado, de acordo com a Polícia Civil.

O crime aconteceu na madrugada de hoje (4), na Rua Brigadeiro Tobias, na Vila Taquarussu, em Campo Grande. O suspeito de ter esfaqueado a vítima, Gabriel Gonçalves Barros de Araújo, 20 anos, conhecido como “Remela”, foi preso em flagrante.

Segundo informações da polícia o suspeito costumava vender droga na região e guardava os entorpecentes no hidrômetro da residência da vítima. Por conta disso, eles já haviam tido um desentendimento anterior e nesta terça-feira, depois de nova discusão, o suspeito deu duas facadas na região do pescoço da vítima e ateou fogo na resedência.

O corpo de Estigarribia foi encontrado na porta de acesso entre o quarto e a sala, com parte dos pés carbonizados e duas perfurações no pescoço. Duas facas foram apreendidas no local do crime.

O suspeito foi encontrado escondido em uma residencia próxima a casa da vítima. À polícia, ele primeiramente confessou o crime mas depois preferiu não falar mais sobre o caso. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Piratininga.

Comentários

comentários