Trabalhadores do aterro do Jardim Noroeste bloqueiam a BR-163 em protesto

Aproximadamente 20 trabalhadores do aterro de entulho, localizado no Jardim Noroeste, bloqueiam a BR-163 em protesto contra a interdição do local. Na manhã desta quinta-feira (15) seis viaturas da Guarda Municipal foram ao local e estão proibindo a entrada do catadores.

Divulgação – PRF

Os catadores afirmam que além não poderem entrar, os trabalhadores que já estavam no interior do aterro não podem sair com material, devem deixar todo o produto coletado no aterro e sair com mãos vazias. A Justiça determinou a interdição do aterro de entulho do Jardim Noroeste, em Campo Grande.

O aterro funciona sem autorização e segundo a justiça há outras irregularidades no local. Um acordo foi assinado entre a representação dos trabalhadores e Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul (MPE-MS) em 2012, na tentativa de resolver a situação, porém o impasse continua.

Os catadores bloqueiam a BR-163 com carcaça de geladeira, pneus e colchões. Uma equipe da CCRMSVia – empresa que tem a concessão da rodovia – está no local negociando com os manifestantes para o desbloqueio. Um funcionário que não quis se identificar disse que já acionou a PRF (Polícia Rodoviária Federal). Um pequeno congestionamento já se forma no local.

Comentários