Trabalhadores da Solurb recebem e coleta de lixo é retomada

A segunda greve dos funcionários da Solurb em Campo Grande durou dois dias e foi encerrada na noite desta sexta-feira (9). Os trabalhadores pararam os serviços por atraso de pagamento do salário referente ao mês e setembro e o não repasse do vale alimentação. A primeira greve durou 11 dias.

Lixo em parque de Campo Grande durante greve de setembro
A segunda greve dos funcionários da Solurb em Campo Grande durou dois dias

Uma reunião de conciliação foi feita na quinta-feira (8) entre a empresa responsável pela coleta de lixo e a prefeitura. No encontro, foi decidido que a município deveria depositar R$ 2.883.146 em 24 horas. Segundo a assessoria da prefeitura, o repasse de recurso foi feito nessa manhã.

Segundo a decisão da juíza Fabiane Ferreira, da 4ª Vara do Trabalho de Campo Grande, em caso de descumprimento será aplicada uma multa diária de R$ 100 até limite de R$ 3 mil por trabalhador. O recurso é destinado ao pagamento do salário de setembro e vale alimentação.

Na paralisação de setembro, a capital de Mato Grosso do Sul ficou 11 dias sem coleta. Montanhas de lixo se acumulavam em frente à residências, prédios e comércios. Algumas pessoas pagaram para que o lixo fosse levado até o ‘lixão’.

Comentários

comentários