Trabalhador rural é executado com tiros de pistola na fronteira

O trabalhador rural Pedro Porfirio Pereira Palacios (47), conhecido como “Polaco”, foi morto a tiros de pistola calibre 9 milímetros na tarde de quarta-feira (13), em Capitán Bado, cidade paraguaia vizinha a Coronel Sapucaia, em Mato Grosso do Sul.

Palácio estava sentado em frente de casa quando dois homens em uma motocicleta chegaram e atiraram. Mesmo ferido, o paraguaio correu para dentro da residência, mas caiu morto.

O caso é investigado pela polícia do Paraguai. A região de fronteira entre os dois países tem registrado diversos casos de violência.

As polícias falam em cerca de 200 execuções somente em 2019, sendo a maioria ligada à disputa pelo comando do tráfico de drogas.

Comentários