TJ anula aposentadoria e barra Arroyo no Tribunal de Contas

O Tribunal de Justiça anulou a aposentadoria do conselheiro José Ricardo Cabral e, com isso, o ex-deputado Antonio Carlos Arroyo, indicado pelo então governador André Puccinelli (PMDB)​, não irá para o Tribunal de Contas do Estado. São 15 desembargadores do órgão especial, mas o placar de 8 a 4 desfavorável a Arroyo sacramentou a decisão.

Futuro de Antonio Carlos Arroyo será definido ainda hoje - Foto: Arquivo
Futuro de Antonio Carlos Arroyo será definido ainda hoje – Foto: Arquivo

Em novembro, Arroyo foi indicado à cadeira do conselheiro deixada por Cabral. O ex-deputado do PR também teve o aval da Assembleia Legislativa, por unanimidade.

Mas 2 dias após a abertura da vaga, o TCE conseguiu liminar que anulou a aposentadoria de José Ricardo e comprometeu o sonho de Arroyo de ocupar um dos postos mais cobiçados entre os políticos do Estado.

O novo conselheiro do órgão deverá ser escolhido pelo atual chefe do Executivo, Reinaldo Azambuja (PSDB).

 

 

Comentários

comentários