Tite não revela nomes, mas diz ter ‘muitos inimigos’ no futebol

O técnico da Seleção Brasileira, Tite, garantiu, que apesar de ser constantemente elogiado pelos jogadores com os quais trabalhou, não é unanimidade no mundo do futebol. O treinador confirmou que tem “muitos inimigos” no futebol, mas manteve mistério de quem eles são.

“Sou um cara muito simples. É mentira que sou unanimidade. E os [jogadores] que se omitem e que não falam? Eu tenho muitas diferenças. Tenho alguns, talvez muitos inimigos. Tenho bastante. Tenho e estou falando muito tranquilo. Tenho um estilo que por vezes não agrada a alguns, é humano, cada um tem um estilo”, disse Tite à Fox Sports.

Tite ainda contou um episódio com Jorge Henrique no Corinthians. Em 2013, após uma série de indisciplinas do atacante, ele foi afastado pelo treinador e acabou acertando com o Internacional. O comandante brasileiro negou mágoa dos dois lados.

“Eu tenho carinho pelo Jorge, e vou te dizer que ele também, porque tratamos de forma honesta. Quando ele foi para o Internacional, conversei com ele no pátio do estacionamento e falei: ‘você vai para um extraordinário clube, vai ter possibilidade de se recuperar, e eu vou ficar torcendo e acompanhando’. O resto da nossa conversa não convém falar”, contou ele.

Comentários

comentários