Tios acusados de torturar sobrinha são colocados na solitária

Rosiane Peixoto, de 28 anos, e o marido Vanilson Espindola Argueiro, da mesma idade, foram transferidos no final da tarde ontem a presídios para ficarem em selas individuais. Eles estavam recolhidos na delegacia do 1º DP, onde foram ameaçados de morte pelos demais detentos. O casal é acusado de torturar e violentar sexualmente a sobrinha de 3 anos. A menina morreu.

Tios acusados de torturar sobrinha são colocados na solitária
Tios acusados de torturar sobrinha são colocados na solitária

O caso chamou atenção pela crueldade praticada contra a criança. Há suspeita que ela vinha sendo torturada a bastante tempo. Ela só foi levado ao hospital na quinta-feira, depois que um agente de saúde visitou a família e viu o estado grave da memina.

Vanilson foi transferido para sela do Penitenciária Estadual de Dourados (PED) e Rosiane para o presídio feminino localizado e Jateí. Eles vão ficar em selas individual.

O casal tinha a guarda da sobrinha desde dezembro do ano passado. No hospital foi constatado que a menina estava com fratura na canela e no queixo. Há suspeita que os ferimentos, pelo menos da perna, ocorreu há vários dias, pois a perna estava necrosada, ou seja, os tecidos de pele estavam mortos, além disso o local estava infecionado. A equipe médica ficou perplexa, devido a dor que amenina sentia.

A criança ainda estava com sinais de hematoma por todo o corpo e tinha queimaduras nas partes genitais, além de ranhaduras, provocadas pelo uso de uma escova de lavar roupa ao qual a tia utilizava quando a criança fazia necessidade nas calças. Foi constatado, ainda, abuso sexual.

O casal nega os crimes e na delegacia disseram que a menina caiu de bicicleta no domingo e depois se esbarrou numa chaleira de água fervente. Os tios foram presos em flagrante acusados de tortura com resultado de morte e por estupro de vulnerável.

Comentários

comentários