Tio e Sobrinho são executados a tiros de fuzil na fronteira

Cipriano Ramon Jara Ramos, 55, e o sobrinho dele, Catalino Ramon Garcia Jara, 24, são os dois homens executados, na tarde de terça-feira, dia 04 de setembro, na zona rural de Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul.

Foto Porã News

Segundo o site Porã News, eles seguiam viagem na estrada Ruta V em um veículo GM/Agile, de cor vermelha, com placas do Paraguai, com destino a cidade paraguaia de Yby Yau, quando foram perseguidos por pistoleiros que estavam em outro veiculo.

As vítimas foram alvo de mais de 60 disparos de fuzil do calibre 7.62 nas proximidades do Parque Nacional Cerro Corá, a cerca de 55 quilômetros da fronteira e morreram na hora.

Ainda de acordo com o site, baseado na polícia paraguaia, o atentado pode ter relação com uma outra execução do último de 18 de agosto, quando o suboficial da Polícia Nacional do Paraguai, Diego Garardo Maidana e o parceiro Mauricio Jara, filho de Cipriano, também foram fuzilados.

Agentes da Polícia Técnica paraguaia estiveram no local e após os procedimentos encaminharam os corpos ao IML (Instituto Médico Legal) de Pedro Juan Caballero a espera dos familiares.

Comentários