Times brasileiros vencem e reeditam final do Mundial de futsal

Gazeta Esportiva.com

O campeão mundial de futsal de 2018 é brasileiro! Na madrugada deste sábado, 1º de setembro, em horário brasileiro, os times do Sorocaba e Carlos Barbosa venceram a semifinal do torneio e garantiram vaga na grande final. Enquanto os paulistas venceram os anfitriões Chonburi por 4 a 3, o time gaúcha bateu o Barcelona por 3 a 1.

A final marca a reedição a final de 2016, que terminou com os paulistas comemorando o título, e será realizada no domingo, às 5h15 (de Brasília), em Bangkok, na Tailândia. A competição não foi realizada em 2017.

Sorocaba sofre, mas vence no fim

O time comandado por Ricardinho começou bem a partida, que estava bastante aberta, e abriu o placar com 15min30s no relógio. Lino puxou para a direita e bateu cruzado. Contudo, poucos segundos após o gol, os tailandeses empataram com Ronnachai, que mandou uma bomba da entrada da área após roubo de bola.

O Sorocaba voltou a ficar à frente no placar logo em seguida. Em jogada ensaiada, Rodrigo bateu a falta para Marcel, que estava no pé da trave direta para empurrar a bola e balançar as redes.

Apesar da vantagem, os paulistas usavam muitas jogadas individuais e o empate e a virada saíram antes do fim da primeira etapa. Com 4min21s para o fim, Kritsada abriu na esquerda em cobrança de falta e finalizou para o gol. Já com 1min26s restantes no relógio, Madyalane chutou da esquerda e Jirawat desviou na segunda trave para fazer 3 a 2.

Falcão marcou o gol que deu o empate em 3 a 0 (Foto: Magnus/Divulgação)

A equipe de São Paulo melhorou na segunda etapa e parou diversas vezes no goleiro Katawut, que fez várias defesas incríveis. O gol do empate só saiu com 4min50 para o final. O gênio Falcão recebeu no lado direito e bateu com muita categoria no canto do gol.

Após o jogo parar por causa de falta de iluminação, o Sorocaba conseguiu o gol da vitória com 1min30 para o final. Rodrigo recebeu na esquerda e encontrou Marcel, que só precisou empurrar, segunda trave.

Carlos Barbosa consegue virada sobre o Barcelona

A partida não começou fácil para o time de Marquinhos Xavier, técnico da Seleção Brasileira. Diego recebeu a bola, cortou para o meio e abriu o placar para o Barcelona na primeira etapa. O time gaúcho só conseguiu o empate no segundo tempo. Darlan roubou a bola no ataque e passou para Douglinhas bater e deixar o confronto em 1 a 1.

A virada saiu após tabela que deixou Valdin livre no meio da área para bater. Com os catalães pressionando no fim e usando goleiro linha, Bruno Souza roubou a bola e arrancou com a quadra livre para apenas empurrá-la para o fundo do gol.

Comentários