Thierry Henry é confirmado como estreante e novo técnico do Monaco

Gazeta Esportiva.com

Ver imagem no Twitter
Neste sábado (13), o time de futebol do Monaco, confirmou os rumores que circulavam na imprensa europeia desde o início da semana e anunciou Thierry Henry como seu novo treinador. O ex-jogador, revelado nas categorias de base do clube do principado, assume o cargo um dia após a destituição do português Leonardo Jardim, que já estava à frente do time há quatro temporadas.

“Seu conhecimento do futebol, sua paixão pelo jogo, seus altos padrões e seu compromisso com nossas cores tornaram sua nomeação uma realidade. Thierry está ciente da tarefa e está ansioso para começar seu novo trabalho. Ele pode contar com a nossa confiança e todo o nosso apoio para trazer uma nova dinâmica para a equipe e cumprir sua missão”, afirmou o vice-presidente Vadim Vasilyev, como reproduzido em comunicado oficial.

Tal como o clube, Henry também utilizou as redes sociais para noticiar o acordo e conceder suas primeiras palavras como treinador do time monegasco.

“É com muito orgulho que tenho o prazer de anunciar que aceitei o cargo de treinador do AS Monaco. Tive a sorte de receber algumas ofertas muito atraentes ao longo dos últimos meses, mas o Monaco estará sempre perto do meu coração. Tendo começado minha carreira no futebol com esse grande clube, parece que o destino vai começar minha carreira gerencial aqui também. Estou incrivelmente animado por ter esta oportunidade, mas agora o trabalho duro deve começar. Não pode esperar”, escreveu.

Já jogou no time

Como atleta, o ex-atacante vestiu o uniforme do Monaco entre 1992 e 1998, começando nas categorias de base e sendo promovido ao profissional em 1995, com Arsène Wenger no comando do time. Foram 142 partidas e 28 gols no principado francês, levantando os troféus do Campeonato Francês de 1996/1997 e da Supercopa da França de 1997, antes de se transferir ao Arsenal, onde se tornou ídolo e gravou seu nome na história do futebol.

Como técnico, esta será sua primeira experiência à frente de uma equipe profissional. Henry vinha trabalhando como auxiliar de Roberto Martinez na seleção da Bélgica, terceira colocada na Copa do Mundo da Rússia.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu cometário!
Por favor, insira seu nome aqui