Thiago Monteiro cai nos classificatórios, mas brasileiros sobem no ranking

Gazeta Esportiva.com

Brasileiro agora torce por uma vaga no ATP 250 de Budapeste como lucky-loser (Foto: Arun Sankar/AFP)

Neste domingo, Thiago Monteiro, 126° colocado no ranking da ATP, entrou em quadra pela última rodada do classificatório do ATP 250 de Budapeste, e acabou derrotado pelo polonês Hubert Hurkacz, 185º do mundo, com parciais de 2/6 7/5 6/3 após 1h57min. Agora, o brasileiro torce por uma vaga como lucy-loser, a ser definido por sorteio.

Por outro lado, a maioria dos representantes do Brasil tiveram subidas no ranking da ATP. Thomaz Bellucci não conseguiu passar da segunda rodada no challenger de Sarasota, mas, mesmo assim, subiu duas posições e agora é o 222°. Já Guilherme Clezar foi um pouco melhor no torneio e chegou às quartas de final. Com isso, ganhou seis posições e chegou a 235°.

Mais abaixo, João “Feijão” Souza furou o o quali do challenger de Guadalajara, subiu oito colocações e chegou a 297°. O catarinense Karue Sell teve os pontos da conquista do future US$ 25 mil de Little Rock computados, e com isso ganhou 91 posições. Agora, é o número 417° do mundo, sua melhor colocação na carreira.

Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, continua sendo o brasileiro mais bem colocado do ranking, ocupando o 125° lugar. Neste domingo, derrotou o eslovaco Jozef Kovalik pela segunda e última rodada do qualificatório do ATP 500 de Barcelona, garantindo vaga na chave principal do torneio.

Comentários