Theresa May fala em união ao assumir cargo de premier do Reino Unido

Poucos minutos após as 18h desta quarta-feira (13), horário local de Londres, Theresa May chegou à residência oficial de Downing Street, em Westminster, Londres, onde fez o primeiro pronunciamento como primeira-ministra do Reino Unido.

Theresa May cumprimenta rainha no Palácio de Buckingham (Foto: Dominic Lipinski/Pool Photo via AP)
Theresa May cumprimenta rainha no Palácio de Buckingham (Foto: Dominic Lipinski/Pool Photo via AP)

Em um discurso conciso, May afirmou que seguirá os passos do antecessor, David Cameron, a quem qualificou como um líder moderno. Ela disse que o maior legado de Cameron foi a justiça social.

Theresa May, do Partido Conservador, é a segunda mulher a ocupar o cargo de premier do Reino Unido. A primeira foi Margareth Thatcher, que ficou no carto de 1979 a 1990.

Theresa prometeu que seu governo irá ajudar as pessoas a trabalharem “como nunca antes”, mas reconheceu as dificuldades que os vários setores da sociedade enfrentam. “O meu governo será guiado pelo interesses dos cidadãos britânicos, e farei o que puder para dar a vocês mais controle sobre suas vidas.”

May disse ainda que acredita não apenas na união das nações (Inglaterra, Irlanda do Norte, Escócia e País de Gales), mas na união de todos os cidadãos, independentemente de onde estejam. Ela afirmou ainda que pretende fazer do Reino Unido um país de privilégios para todos. “Juntos vamos construir um Reino Unido melhor.”

Antes do pronunciamento, Theresa May esteve no Palácio de Buckingham, em audiência com a rainha Elizabeth II, com quem conversou por aproximadamente meia hora. (AGÊNCIA BRASIL)

Comentários

comentários