Termina nesta sexta prazo para pagamento da primeira parcela do IPVA

O governo de MS, por meio da Sefaz (Secretaria de Fazenda), informa que o prazo para pagamento do valor total do IPVA (Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores) ou da primeira parcela, encerra nesta sexta-feira (29). Os contribuintes podem optar por pagar a guia única com 15% de desconto ou em até cinco parcelas com vencimentos em 29/01/2016 – 29/02/2016 – 31/03/2016 – 29/04/2016 e 31/05/2016.

Donos de veículos precisam correr para acertar contas com IPVA (Foto: Divulgação)
Donos de veículos precisam correr para acertar contas com IPVA (Foto: Divulgação)

Para aqueles que optarem por quitar as guias no Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito) o horário vai até às 18h. O motivo é a compensação bancária que oferece desconto somente até esse horário. De acordo com informações do Detran, a Agência Suzana Lopes Sgobbi, que funciona no Shopping Campo Grande, terá atendimento normal, até as 22h. Porém não receberá as guias do IPVA após as 18h. A situação vai se repetir nos meses seguintes do parcelamento.

Caso o seu débito de IPVA seja proporcional (aquisições advindas de leilões judiciais ou de veículos oficiais, de pessoas portadoras de deficiência ou de qualquer outra situação diferente da normal), é preciso procurar uma das Agências Fazendárias ou a Unidade de Outros Tributos para emissão da guia com valor correto.

Em caso de dúvidas os contribuintes podem entrar em contato com o help desk da SGI pelo telefone (67) 3318-3600 no horário comercial e/ou se dirigirem as Agências Fazendárias nos municípios. Há ainda a opção de entrar em contato com o Detran pelos telefones (67) 3368-0500 para interior e 154 na capital.

O formulário continua sendo emitido em formato único, independente da opção do contribuinte de pagar à vista ou em até cinco vezes. A intenção do Governo do Estado é simplificar o processo e facilitar o entendimento do valor por parte do proprietário de veículo automotor.

Atraso

A Sefaz adverte que os canhotos só têm validade até o vencimento dos mesmos. Para pagar após o vencimento, o contribuinte poderá acessar o site da Sefaz ou procurar uma Agenfa. No site ele poderá emitir uma nova guia para pagamento, já com os valores atualizados de juros e multas.

Comentários

comentários