Termina a greve dos Correios em Mato Grosso do Sul

Da Redação/JN

Os trabalhadores dos Correios decidiram encerrar a greve que durava desde o dia 27 de abril em Mato Grosso do Sul. A definição ocorreu após assembleia geral realizada na tarde desta segunda-feira (8), em Campo Grande. A paralisação será encerrada a partir das 22 horas.

Greve dos Correios chegou ao fim em MS – Foto: Isadora Spadoni

De acordo com o sindicato da categoria no Estado, os cinco pontos apresentados como proposta pela empresa para encerramento do movimento, os trabalhadores de MS aprovaram quatro, excluindo o ponto que trata da implantação de um novo Plano de Demissão Incentivada.

Na avaliação dos trabalhadores de Mato Grosso do Sul a aprovação deste ponto implicaria num apoio implícito ao PDI e às demissões.

Entre os pontos aprovados está o retorno normal das férias nos meses de maio e junho e nos meses posteriores serão reavaliados em 30 e 60 dias.

Os planos de reorganização de trabalho como Distribuição Domiciliar Alternada, Organização de Atividades Internas e Centro de Distribuição Domiciliária Centralizador serão suspensas novas implantações e será formada uma comissão paritária para discussão e reavaliação nos setores já implementados.

De acordo com o sindicato projeto como o de Distribuição Alternada prejudica antes de tudo a população usuária dos serviços dos Correios pois implica na suspensão da entrega diária principalmente nos pequenos municípios do interior que passariam a ter entrega apenas uma ou duas vezes por semana.

Em relação à revisão do Plano de Saúde da categoria, a empresa se comprometeu que enquanto houver mediação no TST (Tribunal Superior do Trabalho), não será feita a judicialização da questão. Quanto aos dias parados, haverá desconto apenas do dia 28 de abril. Os demais dias parados serão compensados.

Comentários