Terenos ganha o Projeto Padrinho na Comarca Judicial

Lúcio Borges

O Poder Judiciário na comarca do município de Terenos implantou o ‘Projeto Padrinho’, na noite desta quarta feira (27). A pequena cidade próxima de Campo Grande, a 70 km, recebeu ontem, uma solenidade que oficializou a implantação da ação na comarca, que já possui seis adolescentes e uma criança nas unidades de acolhimento.

O evento recebeu crianças que estão nas instituições de acolhimento, como também estiveram presentes, os vereadores, secretários municipais e comerciantes da cidade, entres outros. Houve uma apresentação cultural, que ficou por conta do cantor sertanejo Emerson Terra.

O Projeto Padrinho é uma iniciativa do Poder Judiciário de MS, implantado em Campo Grande no dia 26 de junho de 2000, com objetivo de mostrar à sociedade a realidade das crianças em situação de risco, além de estimular o exercício da cidadania e permitir às pessoas praticar gestos de afetividade, levando carinho, convivência familiar e comunitária às crianças e adolescentes.

O apadrinhamento é uma forma de garantir que jovens e crianças que estão nas instituições de acolhimento tenham oportunidade de conviver em família e estabelecer vínculos afetivos enquanto aguardam pela adoção ou até mesmo a reinserção em sua família de origem.

Capacitação

Antecedendo o lado ‘festivo’ da noite, no período da tarde, já ocorreu um curso de capacitação, que foi ministrado para os membros da casa abrigo de Terenos, membros do conselho tutelar, membros do CRAS, polícia militar e o delegado de Polícia. “Ministraram o curso Enilda Machado e Andrea Espindola Alvarenga Cardozo, técnicas da Coordenadoria da Infância e da Juventude (CIJ), com participação de Adma Freitas da Silva, assistente social da Capital que atende a comarca de Terenos”, descreve assessoria comunicação do TJ-MS.

Após a solenidade, seis pessoas foram cadastradas e manifestaram interesse em apadrinhar alguma criança das instituições de acolhimento do município.

Presenças

Da cerimônia participaram o juiz diretor do Foro, Valter Tadeu Carvalho, o promotor Eduardo de Araújo Portes Guedes, a defensora Ester Quintanilha Nogueira, o prefeito Sebastião Donizete Barraco, o presidente da Câmara Municipal, vereador Helder Noburo Kasae, o comandante da Polícia Militar, Márcio Garcia de Rezende, e o procurador do município Rubens Batista Vilalba.

Comentários